Brasil

Ponte que dá acesso ao Aeroporto Internacional de SP, em Guarulhos, é interditada após estrutura ceder durante chuva

Temporal que atingiu a cidade no sábado (25) e domingo (26) danificou estrutura. Ponte é usada apenas por pedestres desde 2014. Prefeitura diz que vai adiantar a construção de uma passarela prevista no local.

Uma ponte para pedestres que passa sobre o rio Baquirivu-Guaçu e liga a Rua Jamil João Zarif ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, foi interditada na segunda-feira (27) após ceder durante as chuvas do fim de semana.

Ainda conforme os moradores, o problema maior está sendo o caminho alternativo, pois, segundo a prefeitura, precisa ser feito pelo Terminal de Ônibus Taboão, que fica a cerca de três quilômetros de distância.

“Eu estranhei que o ponto estava vazio. Esse horário tem bastante funcionário entrando, e eu não sabia de nada. Me pegou de surpresa. Agora vou ter que voltar, dar a volta pelo trem, voltar no terminal São João para descer do lado de cá. Dá uns 50 minutos”, disse um morador.

Em nota, a prefeitura de Guarulhos informou que a ponte já seria desmontada para obras de macrodrenagem no local e que uma passarela seria instalada. Agora, por causa do problema no local, a secretaria de Obras diz que vai adiantar a construção da passarela.

Fechada para carros há 10 anos
Em 2010, a ponte ficou restrita a funcionários e veículos de emergência do Aeroporto de Guarulhos. Depois, ela foi liberada para todos e servia como atalho para quem ia para a rodovia Hélio Smidt e Dutra, por onde circulavam cerca de 17 mil veículos por dia.

Para realizar as obras do Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos, em 2013, a ponte foi fechada. Segundo a Câmara de Vereadores informou na época, havia um acordo para ser reaberta. Contudo, desde 2014 somente os pedestres passam no local, muitos deles funcionários do aeroporto.

Segundo um relatório da Polícia Rodoviária Federal realizado em maio de 2017, foi necessário o fechamento por conta do fluxo dos carros.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo