Politica

Lula inaugura obra ao lado de pré-candidato a prefeito de Guarulhos

Presidente enfrentou protesto de grevistas e disse ser “maravilha” poder garantir direito das pessoas lutarem

Ao lado do deputado federal Alencar Santana (PT), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou, neste sábado (25), de um evento de inauguração de obras viárias na rodovia Presidente Dutra, em São Paulo.

Vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, Alencar Santana deve concorrer à Prefeitura de Guarulhos pela primeira vez neste ano.

Durante o discurso, o presidente foi alvo de servidores da educação em greve. O grupo estava com cartazes em alusão à paralisação nas instituições federais de ensino superior em diferentes partes do país. Lula respondeu elogiando o direito das pessoas poderem protestar.

“Eu estou vendo alguns companheiros levantando cartazes ali para mim, ‘estamos de greve’. Que bom que vocês podem vir num comício do Lula e levantar um cartaz dizendo que estão em greve. Que bom. Que maravilha é garantir o direito democrático de as pessoas lutarem, reivindicarem e chegarem a um acordo no momento correto”, disse o presidente.

Sem citar nomes, Lula disse que, há pouco tempo, estudantes e professores não podiam protestar, reivindicar ou reclamar. “Agora vocês têm o direito de protestar, de levantar cartaz e levar faixa, porque nosso governo é democrático e o nosso governo sabe lidar com as diferenças”, completou.

Convite antigo
O evento inaugurou duas obras: o novo trevo da Jacu-Pêssego, no km 213, e a pista marginal, sentido São Paulo, entre o km 209 e km 211 da Presidente Dutra. Em toda a rodovia, trafegam diariamente cerca de 350 mil veículos, entre os de passageiros e os de carga.

Ainda durante o discurso, Lula afirmou que sempre recebia telefonemas do deputado o chamando para ir a Guarulhos para inaugurar os trechos. “O que é importante neste trevo é que a partir de hoje, ninguém mais vai ficar duas horas no trânsito para chegar em casa”, afirmou o presidente.

Segundo o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha. Lula convidou o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos) e o prefeito Ricardo Nunes (MDB), mas os dirigentes escolheram não comparecer ao evento deste sábado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo